Lajedo do Tabocal: Mariane Fagundes e o deputado Eduardo Salles falam sobre suposta emenda para pavimentação da Rua José Francisco Fontes


A emenda é de autoria do ex-senador Walter Pinheiro

Uma suposta emenda parlamentar de autoria do deputado estadual Eduardo Salles (PP) vem dando o que falar na cidade de Lajedo do Tabocal, no sudoeste baiano. Segundo o que se falam, uma emenda no valor de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) de autoria do deputado seria destinada a pavimentação da Rua José Francisco Fontes, no bairro Alvolândia, mais conhecida como “Rua do Hospital”, mais que a prefeita municipal Mariane Fagundes (PSD) se negava a executar a obra.

A nossa reportagem procurou a prefeita Mariane Fagundes para que pudesse se pronunciar sobre o assunto onde tivemos informações detalhadas sobre o caso.  Ao nosso blog Mariane falou que após a Missa de São Miguel Arcanjo que aconteceu no dia 29 de setembro do ano passado em Lajedo do Tabocal, ela foi informada pelo deputado Eduardo Salles que também esteve na missa que ele o teria colocado uma emenda no valor de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), para obra de pavimentação no município sem especificar nome de rua. Por se tratar de uma emenda que iria beneficiar o município ela disse ter agradecido ao parlamentar, mais que em momento algum esta emenda foi publicada em nome de Eduardo Salles, que inclusive solicitou de uma pessoa do município ligada ao deputado que entrasse em contato com ele para obter informações sobre a emenda e que a pessoa não lhe deu nenhum retorno.

Através do aplicativo de WhatsApp a nossa reportagem entrou em contato com o deputado estadual Eduardo Salles perguntando sobre a emenda. Logo em seguida o deputado atenciosamente respondeu a nossa pergunta também pelo o WhatsApp informando que, de fato não existe emenda em seu nome, onde explica que a emenda é de autoria do ex-senador Walter Pinheiro  junto ao Ministério das Cidades (MCidades)  pedida por ele ao amigo Roberto Muniz que na época teria assumido o lugar de Walter Pinheiro que licenciou-se para assumir a pasta da Secretaria de Educação do Estado. Eduardo Salles ainda enviou a nossa redação um recorte de uma planilha contendo o nome de Lajedo do Tabocal onde destaca o valor de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), que segundo o parlamentar foi enviada a ele pelo ex-senador Walter Pinheiro.

Voltamos a falar com a prefeita novamente, onde ela apresentou documentos que comprovam que o autor da emenda é o ex-senador Walter Pinheiro e não Eduardo Salles como vem sendo dito por algumas pessoas e principalmente por um vereador do município que não teve o seu nome revelado a nossa reportagem pela gestora. No documento diz que o valor global do recurso é de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), sendo o valor do recurso de R$ 222.857,14 (duzentos e vinte e dois mil oitocentos e cinquenta e sete reais e quatorze centavos), e 27.142,86 (vinte e sete mil cento e quarenta e dois reais e oitenta e seis centavos) de contrapartida financeira por parte da prefeitura. Do recurso de R$ 222.857,14 (duzentos e vinte e dois mil oitocentos e cinquenta e sete reais e quatorze centavos) nenhum valor foi liberado, apontando como contrato com Cláusula Suspensiva, havendo a necessidade de entrega da documentação junto a Caixa Econômica Federal (CEF) onde se encontra o recurso. A emenda tem como objeto pavimentação de vias no município de Lajedo do Tabocal não especificando uma determinada via, deixando claro que pode ser executada em qualquer parte do município. Segundo a prefeita na época não existia nenhum projeto pronto para a pavimentação da Rua José Francisco Fontes, então não tinha como esse recurso que se encontra na CEF ser destinada a citada rua e explica que qualquer recurso só pode ser liberado e usado depois do projeto pronto e aprovado.

Finalizando a entrevista com a prefeita, ela disse que diante do sofrimento dos moradores daquela rua e ser uma via usada para chegar até o hospital municipal ela teria pedido ao engenheiro civil do município Flávio Santana a elaboração de um projeto para pavimentação da “Rua José Francisco Fontes”, até porque é uma promessa de campanha feita por ela de tirar aquele povo do sofrimento com construção do calçamento. Em contato com o engenheiro civil Flávio Santana houve a informação que o projeto já foi elaborado e se encontra na CEF, onde aguarda analise, visitas técnicas e a aprovação para posteriormente abrir licitação e assim executar a obra.