Largo investe R$ 50 milhões para ampliar produção em Maracás


Maracás tem única mina de vanádio das Américas (Foto: Allan Christian/Divulgação)

Na contramão das notícias ruins trazidas pela expansão do coronavírus, a Largo Resources vai investir mais de US$ 10 milhões, o equivalente a R$ 50 milhões na implantação de uma nova unidade para a produção de vanádio na mina instalada no município baiano de Maracás. Os recursos serão utilizados para permitir que a empresa passe a produzir um novo mineral de vanádio, o V2O3 – um produto que tem um grau de pureza mais elevado e bastante demandando pela indústria aeroespacial.

 O processo de construção da nova unidade deve ser iniciado no primeiro trimestre do próximo ano e deverá ser concluído ainda em 2021. A estimativa da empresa é de que a nova unidade de produção permita a geração de pelo menos 15 novos empregos diretos na cidade do interior da Bahia.

 A Vanádio de Maracás, que produz também o V2O5, já havia anunciado recentemente os planos de produzir também o ferro-vanário. O CEO da Largo, Paulo Misk, avalia que o aumento na quantidade de produtos oferecidos ao mercado será de grande importância para a empresa e para Maracás.

 “Estamos anunciando um investimento num período difícil não apenas para o Brasil, mas mundialmente falando. Isso demonstra a nossa confiança na economia e o nosso compromisso com Maracás e a Bahia”, destaca o executivo.

 “Nós estamos sempre agregando valor à nossa produção. Nosso esforço é sempre este. Não tem outra forma de ter sucesso e gerar riquezas para a Bahia”, acredita Misk.

 A partir do mês de maio, a Vanádio vai deixar de realizar as suas vendas a partir de uma empresa intermediária e passará a fornecer diretamente o vanádio ao mercado mundial. A unidade para produção do V2O3 será fundamental neste processo, avalia Misk. Isso porque a empresa espera que 70% das suas vendas sejam de produtos com maior grau de pureza, o que em troca garante à empresa um prêmio sobre o preço normal do produto.

 “O v2o3 vai atender exatamente este mercado de alta pureza, muito direcionado para o mercado aeroespacial. Isso nos dará capacidade de atender bem à indústria aeronáutica”, explica. O vanádio tem a capacidade de tornar as ligas metálicas em que é inserido em materiais mais leves e resistentes.

Segundo o CEO da Largo, Paulo Misk, 2019 foi um ano positivo. “Nosso time alcançou em 2019 um recorde de produção, ao passo que se manteve dentro da estimativa de custos”, diz. Em matéria de produção, a empresa bateu os seus recordes anual, semestral e trimestral, com um movimento de alta no período final do ano.

Em 2019, foram produzidas, pouco mais de 10 mil toneladas de vanádio na unidade da Largo em Maracás. No último trimestre do ano, foram pouco mais de 3 mil e 1177 apenas no mês de dezembro. “Foi um ano excelente, com a nossa equipe de parabéns. Aumentamos a produção em 16% no último trimestre e encerramos o ano com um aumento de 8% na comparação com 2018”, conta. “Tivemos um aumento na recuperação de minério, em nossa eficiência e isso tudo só foi possível graças ao esforço e empenho de nossa força de trabalho”, diz.

Para o presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm, o novo investimento reforça a importância da mineração para o desenvolvimento no interior do estado.

“Mais uma boa notícia para Maracás e para a Bahia. Hoje a Largo gera mais de 800 empregos diretos e duas centenas de indiretos, número que deve aumentar ano que vem com esta nova planta e mostra a força que a mineração tem para ajudar no desenvolvimento da Bahia”, disse Tramm.

O presidente da CBPM destaca ainda a importância do investimento pelo caráter inovador e por representar um adensamento da cadeia de produção do vanádio na Bahia. “É um processo que atualmente é feito fora do Brasil e que passará a ser realizado aqui mesmo na Bahia, com uma verticalização da produção. É o que sonhamos ver com cada vez mais frequência em nossa mineração”, ressalta.

Tramm destaca ainda a importância de uma boa notícia em um momento de notícias ruins. “Eles investem porque sabem que este momento difícil vai ser superado em breve”, avalia.

Única mineradora de vanádio da América Latina, a Largo assinou contrato de exploração com a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e opera em Maracás desde 2014.

Câmara Municipal de Lajedo do Tabocal devolverá a prefeitura R$ 10.000,00 para aquisição de cestas básicas destinadas às famílias carentes


Foto: Divulgação

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Lajedo do Tabocal Joseilson Almeida (PDT) devolverá a Prefeitura Municipal à quantia de R$ 10.000,00 (dez mil reais) para que junto a Secretaria de Assistência Social do município venham viabilizar distribuição de cestas básicas para famílias carentes do município, especialmente por conta do isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Foto: Divulgação

A decisão foi tomada em acordo com todos os vereadores em uma sessão extraordinária convocada pelo presidente da Casa na manhã desta sexta-feira (27).

Em entrevista ao Blog do Ely Morais logo após o termino da sessão extraordinária, Joseilson Almeida disse da importância da união dos vereadores daquela Casa neste momento em que a pandemia do coronavírus já infectou e matou milhares de pessoas ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Falou que ajudar o povo carente é muito importante, principalmente nesta hora em que estão confinados em suas casas. Encerrando a entrevista fez elogios e agradecimentos aos vereadores em terem concordados com a devolução do dinheiro, dizendo que desde o inicio da chegada do coronavírus no Brasil ele tem visto a preocupação de cada um deles em ajudar o povo lajedense.

A Câmara Municipal de Vereadores de Lajedo do Tabocal é a primeira na região até onde se sabe que tomou à decisão de devolver dinheiro à prefeitura para ajudar famílias carentes, principalmente àquelas que estão em isolamento social.

Em áudio que circula nas redes sociais prefeita de Lajedo do Tabocal diz que mandou delegado prender quem tiver na rua


Prefeita de Lagedo do Tabocal Mariane Fagundes (Foto: Reprodução)

Um áudio da prefeita de Lajedo do Tabocal Mariane Fagundes (PSD) que circulou nas redes sociais nesta quarta-feira (25), principalmente nos grupos de WhatsApp criou uma polêmica muito grande e revolta por parte da maioria dos moradores de Lajedo do Tabocal.

No áudio a prefeita diz a uma pessoa por nome Marcia, provavelmente sua irmã, o seguinte: “Aqui Márcia não tem nenhum caso ainda não, só tem sete isolamentos. Eu já estou isolando entrada e saída de Lajedo, botando barreira, tonel, não vai entrar ninguém, só vai entrar comida, e gente que tiver na rua estou mandando prender. O delegado já mandei pegar e prender, quero logo prender, que Dr. Lucio falou prende um que os outros não saí na rua, é tomar medidas drásticas, é já foi tomando medidas drásticas. Já liguei pra rádio aqui, lá de Lajedo, pintei o sete com, com, com o vereador Pedrão. Mandei ele sair da rádio e procurar o que fazer do que tá falando em relação a política, invés de está procurando ajudar o município em relação ao coronavírus. Mandei ele sair da rádio, entregar a rádio à Thaísa secretária de saúde. Botei Dilson no seu lugar agora”.

Dilson citado no áudio e o vice-prefeito do município e apresentador do programa jornalístico.

Entramos em contato com o delegado de Polícia Civil de Lajedo do Tabocal Dr. Arão Borges, inclusive enviado o áudio da prefeita para que ele se pronunciasse. Em resposta o delegado disse que a prefeita nem mandou ele prender ninguém e nem tem autoridade pra isso. E afirma quê nem a Polícia Civil e nem a Polícia Militar vai prender ninguém, onde relata que às duas policias acatam ordens da justiça. Completando o Dr. Arão diz que nem mesmo o governador, a maior autoridade do estado tem o poder de mandar prender alguém, que só o judiciário.

Diante da pandemia do coronavírus (Covid-19) no mundo cabe aos governos Federal, estadual e municipal tomarem decisões para o combate à doença, evitando sua disseminação. Mais eles precisam saber até que ponto as medidas podem serem tomadas para não violar a Constituição Federal.

O que se pode notar neste áudio, diante da forma como a prefeita de Lajedo do Tabocal se pronuncia, de “abuso de autoridade”. Segundo informações a prefeita Mariane estava em Jequié, cidade onde mora, quando fez esse áudio e enviou para outra pessoa. Como o áudio vazou e viralizou nas redes sociais ainda não se sabe.

Ouça o áudio

BR 116 fica interditada após acidente com dois mortos no trecho de Brejões


Foto: Reprodução

Polícia Rodoviária Federal registrou um grave acidente na Rodovia Santos Dumont, dois caminhões e uma carreta se envolveram na batida. O acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira, no km 571, trecho do município de Milagres. Até o momento a confirmação de duas pessoas mortas. A Pista foi totalmente interditada nos dois sentidos para a retirada dos corpos presos nas ferragens. Do BJM

Em estado de abandono estrada do povoado de Fazenda Nova ao povoado de Morro das Rosas se encontra em péssima condição de tráfego


Foto: Ely Morais/Blog do Ely Morais

Moradores do povoado de Morro das Rosas, no município de Lajedo do Tabocal-BA, cobram da prefeitura a recuperação da estrada do povoado de Fazenda Nova, ao povoado de Morro das Rosas. O trecho pior é a partir do início da subida do morro, até o seu final. Com o descaso por parte da prefeitura em não realizar a manutenção da estrada, grandes crateras se formam em suas laterais aonde antes eram apenas valetas estreitando a via, dificultando o trafego de veículos. Além das crateras e dos buracos em toda a sua extensão o mato vem tomando conta das margens tirando a visão do condutor.

Foto: Ely Morais/Blog do Ely Morais

O tamanho das crateras chegaram a uma proporção tão grande que em determinados lugares podem esconder um veículo pequeno dentro dela. Do povoado de Fazenda Nova ao povoado de Morro das Rosas a estrada antes era toda encascalhada, e hoje quase não se ver mais cascalho o que demonstra que há muito tempo não é realizada uma manutenção seria tendo como confirmação o tamanho das crateras em suas laterais. Diante do estado de abandono os riscos de acidentes para quem é obrigado trafegar por esta via, é visível.

Mesmo alguns moradores tendo cobrado da secretaria responsável à recuperação da estrada, indo até ela ou através do programa jornalístico da rádio local, nenhuma providência foi tomada até agora, o que demonstra por parte da gestão municipal uma falta de respeito e descaso com os moradores daquela localidade e com quem transitam por aquela estrada. A situação é tão caótica que hoje para passar veículos grandes é uma dificuldade enorme. Uma coisa é certa, se não for tomada uma providência urgente, em breve os veículos serão impossibilitados de trafegarem do povoado de Fazenda Nova ao povoado de Morro das Rosas a não ser que tenham como alternativa a estrada do povoado do Angico, tendo que fazer uma volta enorme.

Polícia Civil notificou comerciantes que desobedeceram o decreto municipal em Jequié


Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Jequié deu continuidade a fiscalização do comércio, nesta segunda feira. Durante a fiscalização percebeu-se que aproximadamente 90% dos estabelecimentos comerciais estavam seguindo a normativa de fechamento. Referente aos que estavam abertos foram notificados e em caso de reiteração serão conduzidos à Delegacia de Polícia para lavratura de procedimento criminal. Fonte: DT Jequié

Jequié registra o primeiro caso de coronavírus


Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, juntamente com os demais órgãos de saúde, informa que, dos 12 casos notificados, três foram descartados e, após análises do material coletado pelo Laboratório Central (LACEN), em Salvador, um caso foi confirmado positivo para coronavírus (Covid-19) e o paciente já se encontra em isolamento domiciliar.

A Secretaria Municipal de Saúde continua monitorando as ações de combate ao coronavírus, na cidade, enquanto aguarda o resultado dos demais casos notificados e solicita que todas as pessoas fiquem em suas casas, para que, assim, evitem a disseminação do coronavírus.

Ajudem os profissionais que estão trabalhando, cuidando da nossa saúde e da segurança de todos os jequieenses, respeitando as orientações do Ministério da Saúde, evitando aglomerações, mantendo os cuidados de higienização, evitando tocar os olhos, nariz e boca.

Vídeo

BOLETIM EXTRAORDINÁRIO CORONAVÍRUS

Posted by Prefeitura de Jequié on Sunday, March 22, 2020

 

Sobe para quatro o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Maracás


Foto: Reprodução

A Secretaria de Saúde de Maracás, informou através de nota na noite desta sexta-feira (20), mais dois casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) subindo para quatro no município. Na última quinta-feira foi informado 02 casos suspeitos, sendo de uma mãe de 34 anos de idade e de sua filha com 4 que chegaram de São Paulo. O material dos casos suspeitos foram coletados e enviados para testes. As quatro pessoas estão em isolamento domiciliar e monitoradas pela Secretaria de Saúde. 

Polícia Civil e Vigilância Sanitária fiscalizam estabelecimentos que descumprirem o decreto municipal


Foto: Reprodução

Uma força tarefa, envolvendo a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária de Jequié, iniciou a fiscalização nos estabelecimentos comerciais que descumprirem o decreto municipal.

Os agentes públicos estão pedindo aos comércios citados no decreto municipal que fechem os estabelecimentos, que estão expostos no decreto,  sob possibilidade de sofrerem sanções.

A fiscalização começou na tarde desta sexta-feira na Avenida Rio Branco e se estendeu na região central. Ao longo do final de semana esta ações se estenderão para os bairros da cidade.

Ficam suspensos por 15 dias, podendo ser prorrogados, o funcionamento de casas de shows e espetáculos de qualquer natureza; casas de festas e eventos; feiras, exposições, congressos e seminários; cinemas, teatros e museus; clubes de serviço e de lazer; academias, centros de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico; clínicas de estética e salões de beleza; bares, restaurantes, quiosques e lanchonetes; igrejas e locais destinados a cultos religiosos e espirituais e locais destinados a quaisquer práticas esportivas; quaisquer eventos congêneres com potencial de aglomeração; entre outras ações; o não cumprimento do que está exposto no decreto municipal N.º 20.349 pode incidir na suspensão do Alvará de Localização e Funcionamento das empresas, comércios, órgãos e demais estabelecimentos descritos no Decreto. Do BJM

Decreto municipal determina o fechamento do comércio de Jequié


Foto: Reprodução

D E C R E T O

N.o 20.352

– EM 20 DE MARÇO DE 2020.

Fica determinado o fechamento do comércio em geral a partir das 14 horas do dia 21 de março de 2020, pelo prazo de 15 dias, prorrogáveis a qualquer tempo por ato próprio. Continuam funcionando normalmente os seguintes comércios:

I – Mercados, Supermercados, “Mercadinhos”. II – Padarias e Delicatessens

III – Farmácias, Drogarias e Congêneres

IV – Postos de Combustível

V – Lojas de Insumos médicos e hospitalares

Parágrafo Único – A nenhum dos estabelecimentos que terão funcionamento permitido será facultada a possibilidade de consentir a estadia de clientes por tempo superior ao estritamente necessário para aquisição do produto. Não devendo ocorrer consumo in loco sob nenhuma hipótese.

Art. 2o Fica determinado o fechamento pelo prazo de 15 dias de clínicas ortodônticas, fisioterápicas, estéticas e consultórios de psicologia. Art. 3o Fica proibida a circulação de transporte coletivo municipal no território de Jequié a partir das 14 horas do dia 21 de março de 2020 pelo prazo de 15 dias prorrogável a qualquer tempo por ato próprio. Art. 4o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.

SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO, EM 20 DE MARÇO DE 2020.