Para impedir articulação do PCC na Bahia, operação do MP transfere nove presos de Feira


Para impedir articulação do PCC na Bahia, operação do MP transfere nove presos de FeiraFoto: Reprodução/Acorda Cidade

Nove presos que estavam custodiados no Conjunto Penal de Feira de Santana foram transferidos de avião na manhã desta quarta-feira (13), para presídios de segurança máxima. De acordo com o Ministério público do Estado (MP-BA), sete foram para o presídio de Serrinha e dois foram encaminhados para outros estados.

A transferência faz parte da operação “Spot”, que visa coibir a articulação do PCC na Bahia. Segundo o Acorda Cidade, os presos, que não tiveram os nomes revelados, estavam custodiados há mais de um ano e estão envolvidos com tráfico de drogas.

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações do Ministério Público estadual (Gaeco), da Unidade de Execução da Pena (Umep) e da 3ª Promotoria de Justiça de Feira de Santana, em conjunto com as Secretarias de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap)  e de Segurança Pública (SSP).

As medidas de transferência foram deferidas pela Vara de Execução Penal de Feira de Santana. Participaram da operação policiais da CIPT Leste, CIPE Litoral Norte e da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, além da direção e agentes  do conjunto penal de Feira de Santana.

Polícia faz batida e acaba com festa que oferecia ‘rodízio open xeca’ em Goiás


Foto: Reprodução

Uma operação policial foi deflagrada em uma festa com “rodízio open xeca”, em Águas Lindas de Goiás, cidade a 57 quilômetros de Brasília, na madrugada desta quarta-feira (6).

De acordo com o site Metrópoles, a casa de shows Rancho do Patrão, que sediava a festa onde os homens poderiam fazer sexo livremente com garotas de programa contratadas mediante pagamento de cachê de R$ 300, foi alvo da operação.

A propaganda acabou viralizando e chegou até a área de inteligência do Batalhão da Polícia Militar de Águas Lindas, que decidiu investigar o possível crime de exploração sexual.

No Centro Integrado de Operações em Segurança (Ciops) de Águas Lindas, em depoimento, ele teria confirmado que o local funcionava como casa de prostituição e que havia contratado garotas de programa para participarem da festa. Acabou autuado por rufianismo, crime que tipifica a exploração sexual.

Duas mulheres também foram conduzidas à unidade para serem ouvidas. Elas contaram que foram contratadas com a promessa de receberem R$ 400 para fazer parte do grupo que faria sexo com os convidados da festa. Após prestarem depoimento, foram liberadas.

Justiça mineira manda prender empresário jequieense que facilitava fraude em CNH


Foto: Divulgação

Após investigação realizada pela Polícia Civil do Estado de Minas, foi dado cumprimento aos mandados de busca e apreensão, bem como de prisão temporária, em desfavor do empresário jequieense  Corbulon Barros da Silva. Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, ele é suspeito de integrar associação criminosa especializada em facilitar fraudulentamente aquisição de Carteira Nacional de Habilitação. Fonte: Polícia Civil

Cantora evangélica e namorado são assassinados na presença dos filhos em Guarapari/ES; ex-marido é suspeito


Foto: Reprodução

Um cantora evangélica e o namorado foram assassinados na manhã deste domingo (27), no bairro Santa Mônica, em Guarapari, no estado do Espírito Santo. Maria da Conceição Bispo dos Santos, de 35 anos, – conhecida pelo nome artístico Ceissa Moreno – e Jussie Almeida de Moraes, também de 35 anos, – conhecido com Tunga – foram mortos dentro de casa e a suspeita é de que o crime foi cometido pelo ex-marido da cantora.

O suspeito teria chegado na residência por volta das 5h30 e efetuou os e disparos contra o casal e fugiu pelos fundos do imóvel. Segundo a TV Gazeta, Ceissa deixa um casal de filhos e Jussie deixa duas filhas.
Os dois filhos de Ceissa, uma adolescente de 17 anos e uma criança de 2, presenciaram o crime e gritaram pedindo ajuda aos vizinhos. “Eu estava dormindo e acordei com a minha mãe me chamando no desespero, falando que ele [ex-marido] estava lá em casa. Quando ele foi pra atirar, atirou no moço e saiu para ir embora. Aí voltou e atirou na minha mãe. Eu não sabia o que fazer, foi a esposa do nosso vizinho que ligou pra polícia”, disse a adolescente à repórter Fabíola de Paula, da TV Gazeta.
Ceissa já estava divorciada há cerca de três anos e, segundo a família, tinha uma medida protetiva contra o ex-marido por já ter sofrido ameaças. “Ele sempre dizia que se ela não ficasse com ele, não ia ficar com mais ninguém. Um dia ele foi pra matar ela, mas meu tio chegou na hora e tirou ela”, contou a filha da vítima.
Segundo a TV Gazeta, a jovem e o irmão vão morar com uma tia, em Vila Velha. A Polícia Civil informou que até o momento nenhum suspeito foi detido. O caso segue sob investigação. Outras informações não serão passadas, no momento, para não atrapalhar as investigações.

Una: Ex-sindicalistas são condenados a 20 anos por golpe contra trabalhadores rurais


Foto: Cláudia Cardozo/Bahia Notícias

Dois ex-sindicalistas foram condenados a 20 anos de prisão por terem cometido golpes contra trabalhadores rurais, no município de Una, na região sul da Bahia, entre os anos de 2014 e 2016. Natanael Fagundes dos Santos e Riosney Fagundes da Silva foram acusados pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e peculato.

De acordo com o Ministério Público do Estado (MP-BA), os condenados induziram pelo menos seis trabalhadores rurais aposentados ou pensionistas, a maioria idosos, a tomarem empréstimos em agências financeiras, localizadas em Ilhéus e Itabuna, cujos recursos foram desviados em favor deles, num total aproximado de R$ 65 mil.

Na sentença, o juiz Felipe Remonato afirmou que Natanael e Riosney “usavam da posição no Sindicato de Trabalhadores Rurais de Una para angariar vítimas, pessoas simples e na maioria das vezes analfabetas, para cometer diversos crimes, durante anos, de maneira covarde”.

Ainda de acordo com o texto, a ação decorreu da Operação Bonsucesso, deflagrada pelo MP no dia 24 de julho de 2018 nas cidades de Ilhéus e Una, com o apoio da Polícia Civil e do Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública. Na ocasião, os dois foram presos e realizadas buscas e apreensões em três residências e em uma agência correspondente bancária. As investigações contaram com o apoio da Coordenadoria de Inteligência e Segurança Institucional (CSI) do MP. Do BN

Paratinga: Polícia encontra 100 pés de maconha camuflados em plantação de milho


Foto: Divulgação

Uma ação conjunta entre policiais civis da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e militares da 28ª Companhia Independente (CIPM/Ibotirama), descobriu o plantio de 100 pés de maconha nesta quinta-feira (17), no município de Paratinga, região do Velho Chico. Conforme as informações da polícia, a maconha estava camuflada em uma plantação de mandioca e milho.

Além de erradicar o plantio ilícito, a operação prendeu em flagrante Genivaldo Lourencio de Oliveira, conhecido como “Néu”,  34 anos. Com ele os policiais encontraram ainda uma espingarda.

Segundo o delegado Marcos Aurélio de Oliveira, titular da Delegacia Territorial da cidade, a unidade já vinha investigando a plantação, e após identificar a localização, em conjunto com PMs da 28ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Ibotirama), desencadeou a operação.

Genivaldo Lourencio de Oliveira foi autuado em flagrante e está a disposição da Justiça na unidade policial. Do BN

Igrejas no Ceará sofrem ameaças e pastores convocam fiéis para oração


Foto: Reprodução

A série de ataques promovidos por facções criminosas no Ceará está causando pânico nos moradores e servindo para revelar o quadro de insegurança pública no estado, governado por Camilo Santana (PT), de maneira que até às igrejas evangélicas estão sendo ameaçadas de ataque, segundo informações do Rev. Emilio Garofalo Neto.

“Irmãos, clamemos em oração pela situação em Fortaleza. O caos está seríssimo. Tenho informações por um pastor de lá que várias igrejas evangélicas irão cancelar seus cultos amanhã”, diz a mensagem repassada pelo pastor e escritor Franklin Ferreira em sua rede social.

A denúncia explica que os criminosos pretendem retaliar às igrejas porque acreditam que a vitória do presidente Jair Bolsonaro foi resultado do apoio dos evangélicos. “O crime organizado está ameaçando ataques às igrejas por julgar que a eleição do presidente está fortemente ligada à ação evangélica. Oremos!”, conclui a mensagem.

O pastor Wilson Porte Jr. também se manifestou, repercutindo a gravidade da denúncia e pedindo orações pelas igrejas do Ceará.

“Em oração pela população do Ceará. Deus tenha misericórdia de vocês, especialmente igrejas e pastores, alvo dos ataques para este final de semana. Deus intervenha e não permita acontecer o que criminosos afirmaram que farão às igrejas neste domingo”, escreveu ele, também em sua rede social.

Cenário de caos

Desde a semana passada o Ceará sofre com ataque de criminosos em várias cidades. Ônibus foram queimados e prédios públicos atacados. Os criminosos tentaram até derrubar um viaduto com explosivos. Ao todo 120 ataques foram registrados.

O Rev. Elizeu Dourado de Lima, da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, fez uma série de exortações para os membros da sua denominação sobre a responsabilidade de orar pelo estado, união da população e abandono das intrigas pessoais em nome da política.

“As eleições passaram e a minha palavra pastoral precisa ser observada. Qual é o papel do crente agora? Orar pelas autoridades instituídas. É triste que um crente não entenda isso”, disse Elizeu na mensagem do último domingo (6).

“É interessante que neste momento de guerra contra o governo, facções inimigas se unem para enfrentar para desafiar as autoridades e crentes em Cristo Jesus se desunem. O que é isso? Você não pode permitir essas conversas dentro da igreja. Ameaça o vínculo da paz. Respeite o que o outro fez nas eleições”, continua o pastor.

Elizeu ressalta que independentemente das visões políticas, o presidente Bolsonaro está eleito e empossado. O bem comum deve ser observado e os cristãos devem fazer o seu papel como Igreja de Cristo, em prol do país e não de partidos.

“Quero conclamar a Igreja, porque nós temos um presidente que se chama Jair Messias Bolsonaro. Não tem como você dizer que não tem presidente ‘porque você não votou’. A palavra pastoral precisa ser dura neste momento”, disse ele.

“Já estamos enfrentando coisas assim [divisões] na igreja. É uma ignorância um crente dizer que não tem um presidente ‘porque não votou’. Vamos esperar as coisas andarem e vamos orar”, destaca. “O crente é chamado para orar por todas as autoridades constituídas (Romanos 13)”. Assista abaixo:

Do Noticias Gospel Mais

Família interrompe velório de jovem no AL por acreditar na ressuscitação; PM teve que intervir


Foto: Acervo Pessoal

O corpo de uma mulher precisou da intervenção da polícia para ser enterrado, após familiares interromperem o velório e retirarem o corpo do caixão, na esperança de que ela ressuscitasse. O caso aconteceu no estado do Alagoas.

Jéssica Lima, 23, passou mal no dia 23 de dezembro e foi socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Delmiro Gouveia (AL), mas não resistiu após sofrer diversas paradas cardíacas e morreu no hospital de Palmeira dos Índios, na madrugada da última quinta-feira (3).

O velório de Jéssica foi realizado na manhã deste sábado (5), em Delmiro Gouveia, na sala da casa em que ela morava, quando familiares tiraram o corpo do caixão e o colocaram em uma cama em um dos quartos do imóvel. Segundo a polícia, eles acreditaram que a jovem iria ressuscitar.

Segundo apurado pela Folha de S. Paulo junto a polícia, o boato de que um milagre iria acontecer começou a ser espalhado depois que familiares afirmaram ter visto o corpo de Jéssica se mexer no caixão. Além disso, uma tia da jovem, que é evangélica, teria feito um ritual com orações e pediu que a família aguardasse porque a jovem ressuscitaria às 7h de sábado.

O boato se espalhou pela cidade “porque o corpo estava retornando a temperatura e não estava rígido”. Dezenas de pessoas se aglomeram na porta querendo ver o suposto milagre, e a polícia foi acionada.

Rui Costa coloca 100 policiais militares à disposição do Ceará para conter onda de violência


Foto: Manu Dias/GOVBA

O governo da Bahia colocou 100 policiais militares à disposição do governo do Ceará até 20 de janeiro para combater a onda de violência que atinge o estado nos últimos dias. O decreto assinado pelo governador Rui Costa foi publicado na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado com a relação de PMs que serão enviados.

Assim como Rui, o governador do Ceará, Camilo Santana, é filiado ao PT. O gestor baiano já havia anunciado nesta sexta-feira (4) que prestaria apoio ao estado nordestino com o envio de tropas especializadas. Esta semana, o Ceará registrou diversos ataques criminosos, voltados especialmente a ônibus e prédios públicos. Do BN

Adolescente que matou colega no Ser Livre disse que vinha sendo ameaçado por que estava usando maconha


Foto: Reprodução

A Polícia Civil divulgou detalhes do depoimentos de testemunhas que presenciaram o assassinato de um interno do Ser Livre. Um dos monitores informou que o crime ocorreu por volta das 19 horas de quarta feira na Sala de vídeos. O adolescente de 17 anos adentrou na sala e aproveitando-se que José Dodó estava de costas efetuou três golpes com uma faca. Foram duas no pescoço e uma no olho direito onde ficou cravada. Após o ato infracional o adolescente tentou fugir sendo detido por funcionários e trancafiado em uma sala até a chegada da Polícia.

Segundo informações, a vítima fazia tratamento contra a dependência química há um mês e o autor há cerca de seis meses. Ainda segundo relato da testemunha, dois dias atrás José Dodó teria informado que Danilo estava fumando cigarro de maconha no Centro. Em seu interrogatório o adolescente teria dito que a vítima estava o ameaçando, após desentendimento em um jogo de futebol. O assassino disse ainda que a faca usada no crime foi entregue por outro interno do Centro de nome, Jose Pereira dos Santos Junior, vulgo Gordo, maior de idade. Do BJM