Campanha do MP prioriza prevenção e combate ao bullying em escolas da Bahia


Foto: Reprodução

Pode até parecer uma simples brincadeira ou algo inofensivo. Mas não é, quando a piada, o apelido, a fofoca e o gracejo machucam. Assim como o isolamento social. Sem contar as violências mais evidentes, como a destruição de bens materiais, as agressões físicas e sexuais. Tudo isso são formas de bullying e tem se tornado uma realidade preocupante no âmbito escolar Brasil afora. A prevenção e o combate ao bullying nas redes de escolas públicas e particulares da Bahia é o grande objetivo da “#SejaBrother – Juntos contra o Bullying”, uma campanha do Ministério Público estadual, que será lançada no próximo dia 30 na sede do MP no CAB, com o mote “Quando não existe plateia, não existe Bullying. #SejaBrother”.

O recado é claro: não estimule, ache graça, aplauda ou mesmo tolere um ato de violência, o que de fato é o bullying. Na ocasião, o professor e neuropsicólogo Alessandro Marimpietri, doutor em Ciências da Educação, ministrará palestra sobre a relação de adolescentes, que ele chama de “hipomodernos”, e o bullying. Segundo dados da última edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE) de 2015, realizada pelo Ministério da Educação em parceria com o IBGE, quase 195 mil alunos do 9º ano (7,4%) afirmaram ter sofrido bullying de colegas, na maior parte do tempo ou sempre, nos 30 dias anteriores à pesquisa.

Entre os alunos que se sentiram humilhados alguma vez nos 30 dias anteriores à pesquisa, os principais motivos foram a aparência do corpo (15,6% ou 30,4 mil) e do rosto (10,9% ou 21,2 mil). Por outro lado, cerca de 520,9 mil alunos (19,8%) disseram já ter praticado bullying – 24,2% deles meninos e 15,6% meninas. Embora não tenha dados estatísticos sobre Bahia e Salvador, especificamente, a pesquisa envolveu amostras no estado. Na capital, foram estudadas 44 escolas, com um total de 1.750 alunos que responderam à pesquisa, dentro de um universo de 2.187 alunos matriculados. Já no interior da Bahia foram pesquisadas 58 escolas, com respostas de 1.968 estudantes de um total de 2.364 matriculados.

Bahia é o estado que mais investiu e reduziu despesas, aponta Tesouro Nacional


Foto: Robson Mendes

Um relatório divulgado na segunda-feira (22) pelo Tesouro Nacional apresenta a Bahia como o Estado que mais realizou investimentos, além de ser o que mais reduziu despesas no primeiro bimestre de 2019. Em um cenário onde somente metade dos estados destinou recursos a investimentos, a Bahia dedicou 4% do orçamento para obras e ações diretamente voltadas para a população em todo o território baiano. Segundo o governo da Bahia, a manutenção da capacidade de investimento do estado é resultado do equilíbrio fiscal assegurado por dois fatores principais: a melhoria contínua da arrecadação de impostos estaduais e o controle dos gastos públicos.

A Bahia, mesmo em períodos de crise, vem mantendo as contas em dia, diferente de outras administrações estaduais que passaram a atrasar ou parcelar o pagamento dos salários dos servidores e ter dificuldades para saldar compromissos. A Bahia também ampliou, nos últimos anos, a proporção entre o orçamento público e o PIB estadual. Esta relação chegou a 18%, percentual que é o dobro do registrado em São Paulo, por exemplo. Além de liderar os investimentos, a Bahia foi o estado que mais reduziu despesas, com queda de 39%. As informações estão no Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO) do Tesouro Nacional. O levantamento inclui dados de todos os poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), além do Ministério Público e da Defensoria Pública. Do Notícias de Santaluz

Embasa contesta dados sobre presença de agrotóxicos em água de 271 cidades da Bahia


Foto: Reprodução

Através nota à imprensa, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento Básico (Embasa) contestou os dados sobre a presença de agrotóxicos na água em 271 municípios da Bahia, divulgados pela investigação conjunta da ONG Repórter Brasil, da Agência Pública e da organização suíça Public Eye.

A Embasa garante conformidade da água distribuída e afirma que os níveis de agrotóxicos nos municípios citados pela pesquisa estão bem abaixo do valor máximo permitido (VMP) pelo Ministério da Saúde.Os dados que ganharam repercussão em toda a Bahia apontam que 217 municípios, inclusive Vitória da Conquista, contêm pelo menos um agrotóxico na água que abastece às torneiras.

Segundo a pesquisa, Mucugê, na Chapada Diamantina, Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Itapetinga, Centro Sul, e São Félix do Coribe, no Oeste, tem a situação mais crítica e consomem um perigo coquetel com 27 agrotóxicos encontrados na água utilizada pela população.

Confira nota da Embasa na íntegra:Sobre investigação conjunta da ONG Repórter Brasil e da organização suíça Public Eye sobre presença de agrotóxicos na água distribuída no Brasil a partir de resultados de análises registrados entre 2014 e 2017 no Sisagua (Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano), a Embasa esclarece que a interpretação dos dados divulgados em matéria jornalística não informa que os níveis detectados nas amostras dos municípios citados estão bem abaixo do valor máximo permitido (VMP) pelo Ministério da Saúde.Vale ressaltar que, no período considerado na investigação (2014-2017), os equipamentos e procedimentos utilizados nas análises da Embasa indicavam com precisão a presença quase nula, ou em concentração inferior ao VMP, de 23 das 27 substâncias de agrotóxicos monitoradas nas análises.

Para as outras quatro substâncias, o nível de precisão era mais baixo. Em 2018, porém, laboratórios de terceiros foram contratados para verificar com mais precisão a presença dessas quatro substâncias e os resultados, já disponíveis no Sisagua, atestam que a água distribuída pela empresa está em conformidade com a Portaria de Consolidação nº5 de 2017, norma que determina os parâmetros de potabilidade da água no Brasil.

Sem considerar essa informação, a ONG Repórter Brasil e a Public Eye afirmam que a água de alguns municípios baianos está com presença de agrotóxicos acima do nível permitido. No entanto, a partir de 2018, foi possível comprovar que todas as 27 substâncias estavam em total conformidade com o exigido pelo Ministério da Saúde.Para acompanhar os aperfeiçoamentos ocorridos, nos últimos anos, no método de controle da qualidade da água, a Embasa tem investido na aquisição de equipamentos de alta precisão para fornecer informações com alto grau de confiabilidade e, assim, contribuir para o fortalecimento da rede de segurança da água para consumo humano existente no país. Do G1

Após renunião com governo, caminhoneiro descartam paralisação prevista para o dia 29 de abril


Foto: Reprodução

Os representantes dos caminhoneiros disseram nesta última segunda-feira (22/4), após uma reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que não haverá paralisação da categoria na próxima segunda (29/4).

Durante a reunião, que durou quase cinco horas, o ministro prometeu reajustar a planilha da tabela do piso mínimo de frete, umas das principais reivindicações dos caminhoneiros.O ministro disse ainda que vai intensificar a fiscalização do cumprimento da tabela de frete mínimo, com a participação dos caminhoneiros, e atrelar o reajuste da tabela ao preço do diesel. “Eu acho que nós conseguimos administrar essa condição de momento e não deve haver paralisação de caminhoneiros neste momento. A representação dos caminhoneiros está conseguindo conversar com o governo”, disse o presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Diumar Bueno.
A reunião com o ministro reuniu cerca de 30 representantes de 11 entidades de classe, além de um grupo de caminhoneiros autônomos. A proposta apresentada pelo ministério prevê que os próprios caminhoneiros vão ajudar a realizar a fiscalização da tabele de frete. Ainda esta semana, o ministro e o presidente da CNTA deverão assinar um termo formalizando o procedimento.
ANISTIA DE MULTAS
De acordo com um dos líderes da categoria, Wanderlei Alves, conhecido como Dedeco, as reclamações relacionadas ao descumprimento da tabela serão encaminhadas pela confederação ao ministério que as repassará à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O ministério também teria se comprometido a retirar multas de motoristas que fizerem as denúncias. Da Agência Brasil

Danilo Gentili se declara para cantor gospel: “Suas músicas fazem parte da minha vida”


O programa “The Noite” com Danilo Gentili recebeu na última sexta (19) o cantor gospel e pastor evangélico Adhemar de Campos (Foto: Reprodução-Youtube)

O programa “The Noite” com Danilo Gentili recebeu na última sexta (19) o cantor gospel e pastor evangélico Adhemar de Campos, um dos artistas pioneiros da igreja brasileira.

Na ocasião, ele cantou sucessos do mundo gospel compostos por ele, e falou sobre a importância da páscoa, ao ser questionado se havia uma hierarquia entre o Natal e a data pascal.

“Acredito que os dois são igualmente importantes, porque não haveria morte e ressurreição se Ele [Jesus] não tivesse nascido. Então, o nascimento de Cristo inaugura uma nova era, uma nova dispensação na História e o cumprimento de uma promessa que foi feita lá no Gênesis. Jesus era aquele que esmagaria a cabeça da serpente. Então, Ele tinha que nascer. A Sua morte é mais um adendo, um elemento na história da redenção da humanidade e ressurreição é a consolidação!”, afirmou Adhemar de Campos.

O cantor gospel ministrou as canções “Amigo de Deus”, “Nosso General”, “Yeovah”, “Bem Supremo” e “Ele é Exaltado”, para alegria de Danilo Gentili, fã de carteirinha de Adhemar de Campos.

Após o programa, o cantor gospel agradeceu o carinho da equipe de Gentili com ele, e falou sobre a honra de ter participado do programa do SBT. O apresentador respondeu, afirmando que as músicas de Adhemar de Campos faziam parte de sua vida.

“Foi uma honra ter recebido o senhor no meu programa. As suas músicas fizeram e fazem parte dos momentos mais tristes e felizes da minha vida”, comentou Danilo Gentili.

Por Tadeu Ribeiro/Música Gospel

Conta de energia tem reajuste de 6,22% a partir desta segunda-feira(22) na Bahia


Foto: Reprodução

A conta de luz vai ficar mais cara na Bahia a partir desta segunda-feira (22) em função do reajuste médio de 6,22% nas tarifas de energia elétrica para o Estado, autorizado na semana passada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel),  que regulamentação do setor elétrico.

A taxa responsável pelo aumento está acima da inflação oficial do país (definido pelo Índice de preços ao Consumidor, o IPCA) em 2018, que ficou em 3,75%. Cerca de seis milhões de consumidores da Coelba serão afetados pela medida.

Entretanto, os clientes só vão perceber a variação, de maneira mais significativa, a partir do próximo mês, quando é entregue a fatura a ser paga no mês subsequente.

Os clientes atendidos em baixa tensão, o que inclui os clientes residenciais, terão reajuste de 6,67%. Já os clientes atendidos em alta tensão, como indústrias e comércio de médio e grande porte, serão afetados com um aumento de 5,09%. Do G1

Bahia vence o Bahia de Feira e conquista 48º título estadual


Artur foi um dos melhores jogadores do Bahia em campo (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Vamos falar de domínio? Neste domingo (21) o Bahia venceu o Bahia de Feira por 1×0 na Fonte Nova e conquistou o seu 48º título baiano. Com ele, o Esquadrão se isolou como segundo maior de estaduais do país, atrás apenas do ABC, que tem 55.

Esse domínio, porém, não foi visto em campo. O Bahia de Feira lutou até o fim, tendo algumas chances de empatar o placar nos minutos finais.

Na primeira decisão do Baiano com o árbitro de vídeo, o recurso – que já havia trabalhado no jogo de ida, anulando um gol do Tremendão – influenciou mais uma vez no resultado, apontando dois pênaltis que haviam escapado do árbitro.

Mas, ao final, o que vale é a competência. Explica-se: o pênalti para o time da capital, anotado aos oito minutos da segunda etapa, foi convertido por Gilberto. O da equipe de Feira, aos 23, foi cobrado por Vitinho e defendido por Anderson.

Faltou capricho

Durante todo o primeiro tempo o Bahia pressionou o xará de Feira, apertando a saída de bola e criando chances a partir daí. O gol do Esquadrão só não saiu por dois motivos: falta de sorte e de capricho nas finalizações.

Primeiro, o azar: aos sete, Arthur Caíke, sem ângulo, cobrou falta na direção do gol e a bola explodiu no travessão. A falta de capricho apareceu aos 22, quando a bola sobrou na entrada da área para Arthur Caíke. Com campo para avançar, ele preferiu chutar, mas foi para fora.

Aos 24, após cobrança de escanteio, a bola sobrou pelo alto para Elton, livre, cara a cara com Jair. Podia até ter dominado, mas o volante preferiu chutar de primeira e mandou por cima.

Sem conseguir criar, o Tremendão exigiu trabalho de Anderson apenas uma vez, aos 38, quando Jarbas chutou da intermediária e quase surpreendeu o goleiro, adiantado.

Para fechar a trilogia da falta de capricho, Gilberto. Aos 41, Nino Paraíba deixou dois marcadores para trás no drible e cruzou para o camisa 9. Livre, ele pegou mal e chutou longe do gol.

No VAR

Aos três minutos da etapa final, a bola sobrou na entrada da área para Ramires e ele armou o chute. Vítor Hugo travou e o camisa 10 caiu na área, pedindo o pênalti.

Quando a bola parou, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira foi ao monitor na lateral do campo. Um minuto depois, voltou à área confirmando o pênalti, cobrado e convertido aos oito minutos por Gilberto. 1×0.

O gol fez o Bahia de Feira se lançar ao ataque. Aos 20, Vitinho cobrou falta raspando a trave. Os jogadores ficaram pedindo toque de mão de Gilberto, dentro da área.

Mais uma vez, o árbitro recorreu ao monitor na lateral do campo e voltou apontando o pênalti. Na cobrança, o mesmo Vitinho mandou fraco, à meia altura, e Anderson pegou. No rebote, Vitor Hugo chutou e o goleiro salvou de novo.

Os minutos finais foram de pressão do Bahia de Feira e o Esquadrão perdendo gols incríveis no contra-ataque. Do lado do tricolor da capital, Ramires, Elton, Gilberto e Rogério desperdiçaram a chance de garantir o título.

Mas quem pode sair lamentando é o Bahia de Feira. Aos 32, Cazumba acertou o travessão em cobrança de falta. E aos 44 Ebinho foi lançado nas costas de Ernando, ganhou na velocidade e chutou na saída de Anderson. A bola foi para fora.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1×0 Bahia de Feira
Campeonato Baiano – Final  (2º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 21/04/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro:  Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e José Carlos Oliveira dos Santos (ambos da BA)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ), com auxílio de Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

Cartões amarelos: Douglas Augusto, Xandão, Artur, Gregore (Bahia) / Edimar, Bruninho (Bahia de Feira)

Gol: Gilberto (Bahia)

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca (Xandão) e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Artur, Ramires (Gregore) e Arthur Caíke (Rogério); Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Bahia de Feira: Jair; Van, Paulo Paraiba, Vitor e Cazumba; Capone, Edimar (Ebinho), Jarbas e Bruninho; Vitinho (Dionísio) e Deon. Técnico: Quintino Barbosa. Do Voz da Bahia

Após aumento do Diesel, grupo de caminhoneiros decide por paralisação dia 29


Foto: Reprodução

Um grupo de caminhoneiros decidiu parar as atividades no dia 29 de abril. A informação foi confirmada pelo líder do grupo Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, durante entrevista ao Broadcast Agro, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

“A maioria dos grupos de caminhoneiros já decidiu pelo dia 29 de abril, tem uns ou outros que acham que é pouco tempo, que devemos esperar ainda, mas a maioria concorda sobre o dia 29 porque chegamos num ponto que não tem mais condições de trabalhar”, disse. “Isso não foi uma decisão só minha, foi decidido em grupo por várias lideranças de caminhoneiros”, ressaltou. Ele acredita que, a exemplo do que ocorreu no ano passado, o movimento deve atingir o Brasil inteiro, crescendo à medida que os dias passam. Segundo ele, os caminhoneiros decidiram antecipar a paralisação, anteriormente prevista para 21 de maio, em virtude do novo aumento do diesel.

“Com esse aumento do óleo diesel não tem mais condição”, afirmou. “Os caminhoneiros estão cientes de que, dentro de 14, 15 ou 16 dias vai ter outro aumento do diesel, e esse aumento de R$ 0,10/litro já afetou em R$ 1 mil o lucro mensal, e o frete continua o mesmo.” Com informações do UOL

MPF investiga MC Mirella por envolvimento em tráfico internacional para exploração sexual


Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação contra a funkeira MC Mirella, após uma denúncia de envolvimento com tráfico internacional de crianças e adolescentes para fins sexuais. Nesta semana, uma jovem de 17 anos relatou nas redes sociais uma suposta conversa com a cantora, que teria ocorrido em novembro de 2017. Na conversa, a MC teria oferecido R$ 5 mil para que a adolescente passasse um final de semana com “um amigo” da cantora, identificado como um empresário do Paraguai. A cantora negou as acusações e chamou o ato de “absurdo”, mas confirmou que houve a conversa com a jovem.

A cantora publicou um vídeo em suas redes sociais para esclarecer o caso. Ela disse que houve inverdades e que não tem nada contra quem adota práticas de aliciamento de menores de idade. “Eu não tenho nada contra quem faz esse tipo de coisa que você me acusou e não julgo a vida de ninguém”, afirma Mirella. Por meio de assessoria, a cantora esclareceu que se referia a “não se intrometer na forma em que as pessoas ganham a vida”. A funkeira disse que não deseja mal à adolescente, mas disse que não sabia que ela era menor de idade.

A MC ainda disse que a denunciante tentou ganhar fama com o caso e questionou porque a denúncia não foi realizada na época. “Por que depois de dois anos você quis vir com isso à tona? Você sabia que causou uma represália? As pessoas que foram assistir meu show podiam me humilhar, me agredir. Isso é muito esquisito, muito estranho”, desabafa. A cantora finaliza o esclarecimento afirmando que também já foi contratada pelo homem para fazer uma presença VIP, de cunho apenas profissional, mas não pôde comparecer. No vídeo, os comentários foram bloqueados, após repercussão negativa. Do Bahia Notícias

Sobe para 230 o número de mortos em Brumadinho


Foto : Divulgação/Corpo de Bombeiros

Subiu para 230 o número de mortos decorrente do rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho, segundo informações da Defesa Civil de Minas Gerais. Ainda segundo o órgão, outras 47 pessoas continuam desaparecidas. A barragem da mina do Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro. As buscas feitas pelo Corpo de Bombeiros completam hoje (17) 83 dias. Corporação informa que 138 bombeiros militares trabalham no local com o auxílio de 81 máquinas pesadas. Do Metro1