Carlos Bolsonaro pede licença sem remuneração da Câmara do Rio


Foto: Reprodução/Youtube

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), pediu licença não remunerada da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro.

O parlamentar enviou ofício ao presidente da Casa, Jorge Felippe, no último dia 6, mas o documento foi despachado hoje (10).

De acordo com o jornal O Globo, o vereador não explicou o motivo do pedido. O afastamento se baseia no artigo 11, inciso I, do Regimento Interno da Câmara, sobre afastamento para “tratar de assuntos particulares” em período que não pode ultrapassar 120 dias.

Ontem (9), Carlos se envolveu em uma polêmica após publicar, no Twitter, que a transformação que o Brasil quer não será rápida por vias democráticas.

“Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”, escreveu o vereador. Do Metro1