Advogado e mais oito são presos por ataque em fazenda da Veracel em Eunápolis


Foto: Reprodução

O advogado Mário Júnior Pereira Amorim e mais oito homens foram presos, na manhã deste sábado (20), em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar. As informações foram divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Os locais das prisões não foram divulgados.

Mário, Geraldo Pereira dos Santos, Rogério Silva da Rocha, Derolino Pereira dos Santos, Nival Miguel da Silva, Raimundo da Rocha, Cláudio Francisco de Oliveira, Nilson de Oliveira Gonçalves e Adenildo Batista da Rocha possuíam mandado de prisão em aberto. Um décimo envolvido, identificado apenas como Valdomiro, não foi encontrado e é considerado foragido.

Segundo a polícia, eles foram responsáveis por um ataque contra a empresa Veracelno dia 2 de julho, em uma fazenda, na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia. Cinco dias antes das ações criminosas (invasão de propriedade, queima de veículos, agressão contra segurança, corte de árvores, entre outro delitos) o grupo foi retirado das terras após decisão judicial.

“Chegamos ao grupo após análise de câmeras de segurança, depoimentos de testemunhas e ações de inteligência. Seguimos procurando o décimo integrante”, relatou o titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), delegado Moisés Damasceno. Do Metro1